Serviços de VOD arrecadarão mais do que cinema no Reino Unido em 2021

19/06/2017

Estudo da PwC aponta que o setor deve crescer mais de 30% em quatro anos.

Após lançar um estudo sobre o mercado de entretenimento global, a PricewaterHouseCoopers – PwC anunciou uma nova pesquisa com foco no Reino Unido.

 

De acordo com as estimativas da empresa, até 2021 o mercado britânico de vídeo sob demanda (VOD, sigla em inglês) deve passar o setor cinematográfico em receita. A expectativa é que as bilheterias cheguem a £ 1,41 bilhão (cerca de US$ 1,8 bi) enquanto os serviços de VOD cheguem a £ 1,42 bilhão (US$ 1,81 bi).

Nesse cenário, espera-se que as empresas com maior lucratividade dentro da produção de longas-metragens sejam a Netflix e a Amazon, que representarão dois terços do mercado de VOD. Segundo estudo da Parrot Analytics, a Amazon está ganhando espaço na Europa, aumentando a concorrência com a Netflix.

Porém, Phil Stokes, diretor de entretenimento e mídia da PwC no Reino Unido, declarou em entrevista ao jornal local The Guardian que isso não significará o fim para o setor cinematográfico, tanto que a companhia prevê ainda um aumento no número de ingressos vendidos nos cinemas locais, indo dos 172 milhões de 2016 para 179 milhões em 2021. A quantidade de telas no Reino Unido também deve aumentar, de 4.143 para 4.542.

Vale lembrar que o mercado de cinema no país é um dos maiores do mundo e é considerado já em estado consolidado, o que explicaria o crescimento moderado estimado para os próximos anos.

O setor que realmente corre risco no Reino Unido segundo o material da PwC é o de DVD e Blu-Ray, que deve cair pela metade até 2021, quando somará £ 533 milhões (US$ 679 mi).

Fonte: http://www.exibidor.com.br/noticias/mercado/7076-servicos-de-vod-arrecadarao-mais-do-que-cinema-no-reino-unido-em-2021